Capa do post.

O que fazer para aumentar os preços sem perder clientes?

A economia está ruim, o dólar está cada dia mais alto, a inflação sobe e, consequentemente, os preços dos produtos também. Muitas indústrias e distribuidoras se vêem em uma encruzilhada neste momento: aumentar os preços e correr o risco de perder clientes ou manter o preço e ver a receita diminuir?

Não é fácil, mas é possível sim aumentar os preços e ainda conservar os clientes fiéis à sua marca. Conheça agora 4 dicas para chegar lá:

1) Conheça o seu mercado

06-08-02

Analise o perfil do seu consumidor e como você está posicionado em relação à concorrência. Seu produto oferece um grande diferencial que incentive a compra, independente do preço? O mercado em que você atua é muito concorrido ou há poucos players mais relevantes em jogo?

Mais do que isso, seja sincero ao responder esta pergunta: o seu cliente é realmente fã da sua marca ou tem tendência a comprar com base no preço? Tendo todas estas informações ficará mais fácil avaliar as consequências de um aumento de preços.

2) Alinhe o discurso com seus representantes e vendedores internos

06-08-03

Agora que você fez uma análise criteriosa do mercado e percebeu que aumentar os preços era essencial para manter a saúde financeira do seu negócio, chegou a hora de ter uma conversa franca com o seu time de vendas. Explique, de maneira objetiva e honesta, o motivo do aumento dos preços e, juntos, definam a melhor abordagem a ser utilizada para comunicar esta mudança ao cliente. Um discurso bem alinhado evita ruídos na comunicação e não causa transtornos mais tarde.

3) Mude, mas não seja radical

06-08-04

Um erro muito comum é ter receio de aumentar os preços quando o concorrente não está fazendo o mesmo. Aí, quando você percebe, sua empresa já está com os preços mais baixos do mercado, mas continua amargando prejuízo atrás de prejuízo.

E, para solucionar o problema, você decide fazer um aumento significativo de uma vez. Cliente nenhum vai ficar feliz e o resultado é a queda ainda maior das vendas. Para evitar que isso aconteça com o seu negócio, altere os preços gradativamente e, conforme o consumidor for se adaptando à mudança, aumente mais um pouco. Pequenas mudanças tendem a causar um impacto menor no bolso.

4) Recompense os clientes fiéis

06-08-05

Converse com seu time de vendas e elabore uma lista que inclua os clientes mais frequentes  e que sempre mantêm o pagamento em dia. Estes compradores fiéis devem ter um tratamento especial para continuarem consumindo os seus produtos, independente do preço. Ofereça descontos e formas diferenciadas de pagamento; dê brindes e outros mimos; oriente seus representantes a ligarem com certa frequência para o cliente para confirmar se ele está satisfeito com o produto ou se tem alguma dúvida etc. Use sua imaginação e lembre-se: clientes felizes são o segredo do sucesso da sua empresa! =)

Conheça outras dicas para ajudá-lo a vender mais em tempos de crise. Depois compartilhe com a gente nos comentários o que achou =)