Capa do post.

Como montar uma representação comercial

A representação comercial tem se tornado cada dia mais relevante às empresas que buscam a expansão dos negócios em novos mercados, com baixo custo operacional. Diante esta situação, se projeta uma grande oportunidade de mercado: montar a sua própria empresa e atuar nessa área.

Para isso, é preciso entender bem a função dessa tarefa, bem como as habilidades necessárias para o desenvolvimento do trabalho. Feito isso, vem a parte burocrática de abertura de negócio que, mesmo trabalhando sozinho no início, exigirá um CNPJ. Por fim, é preciso angariar à sua cartela os negócios almejados para representação, bem como as empresas que seriam seus potenciais compradores, garantindo assim boas comissões pelas vendas. Ficou interessado? Então confira nesse artigo tudo o que você precisa saber para montar a sua própria representação comercial.

Qual a função de um representante comercial?

O representante comercial é um vendedor terceirizado, porém mais qualificado, uma vez que se torna o responsável por ela em determinado mercado (localização ou segmento, por exemplo). Ele é o intermediário entre a oferta e a demanda, ou seja, o responsável por representar uma empresa em seus negócios. Dentre as funções desempenhadas, podemos citar:

  • Levantamento e análise de dados dos concorrentes no mercado de atuação determinado;
  • Desenvolvimento de relatórios de visitas indicando não apenas os potenciais clientes, mas também o potencial de compra que eles possuem;
  • Participação na definição de metas de vendas de cada linha de produtos ou serviço, por período;
  • Assessoria nas cobranças das vendas realizadas – afinal, os ganhos são interligados aos pagamentos efetivados;
  • Gestão das vendas, levando em consideração tanto os pedidos quanto a avaliações de demandas previstas versus realizadas;

Acompanhamento da disposição, organização e limpeza dos produtos expostos nos pontos de venda da região de sua responsabilidade.

Habilidades e experiências necessárias para ser um representante comercial

Para cumprir seu papel com êxito, um representante comercial precisa ter ou se dedicar a desenvolver algumas habilidades essenciais. Dentre elas, se destacam:

  • Vendas: afinal, essa é a função principal para a atuação na área e é também a forma de obter sua remuneração, baseada em comissionamento sobre as vendas efetivadas;
  • Comunicação: essa habilidade é de extrema importância visto a necessidade de persuasão e relacionamento tanto para as vendas, quanto para atrair novas empresas para representar;
  • Marketing: diretamente relacionado às vendas, possuir conhecimentos nessa área é essencial para elaborar estratégias que proporcionem o aumento considerável de negócios;
  • Contabilidade, gestão e administração: o conhecimento nessas áreas, mesmo que básico, contribui para a melhor organização e negociações;
  • Conhecimento de mercado: as empresas representadas favorecem os representantes com experiência em seu segmento de atuação pelo conhecimento sobre o mercado, o que facilita a abertura de portas para novos negócios.

Atrelado a estas habilidades, é fundamental o desenvolvimento do seu poder de persuasão e negociação, bem como do seu conhecimento sobre técnicas de vendas. Para isso, é indicada a busca por livros, blogs, cursos e até mesmo palestras de profissionais renomados no segmento ou nas áreas especificadas, principalmente quando não se possui experiência nelas.

Uma ótima forma de começar é ler nossos e-books, que podem ser baixados gratuitamente nos links abaixo:

Como montar uma representação comercial

Em linhas gerais, a abertura de uma empresa de representação comercial segue os mesmos padrões de uma convencional, salvo pela necessidade de registro no Conselho Regional de Representantes Comerciais do estado em que a empresa se localiza. Das questões tradicionais, encontra-se:

  • Obtenção de um CNPJ pela Receita Federal;
  • Registro na junta comercial ou cartório local;
  • Retirada do CCM (Cadastro de Contribuintes Mobiliário) na prefeitura;
  • Cadastro previdenciário no INSS;
  • Cadastro para certidão negativa;
  • Cadastro do FGTS para funcionários pela Caixa Econômica Federal.

Após o cumprimento das questões burocráticas, o prazo para conclusão dos trâmites varia entre 15 e 25 dias úteis.

Caso você opte por iniciar como um empreendedor menor e crescer aos poucos, uma excelente recomendação é desenvolver o trabalho como profissional autônomo e, à medida que for ampliando sua carta de representados e de clientes, convidar outros representantes a se unirem ao seu negócio.

Com todas essas informações é possível montar o seu próprio negócio de representação comercial e aproveitar a oportunidade do mercado! Caso ainda restem dúvidas, não se esqueça de inseri-las nos comentários abaixo: elas podem se tornar assunto para o nosso encontro aqui no blog!