Capa do post.

A motivação é essencial para conseguir vender mais

A motivação é essencial para manter a nossa auto-estima e ajudar no desenvolvimento profissional. Se você não sente ânimo algum de ir para o trabalho de manhã, ou pior, não fica feliz nem quando bate a meta, é porque há alguma coisa errada.

Cuidado! Uma auto-estima em baixa pode afetar a sua produtividade. Mas fique calmo: sempre há uma solução para tudo. Que tal começar com estes seis passos para aprender a ver a vida de um modo mais positivo e, consequentemente, a ser mais feliz no trabalho?

1) Você se conhece de verdade?

“Ser ou não ser, eis a questão”. Como dizia sabiamente Shakespeare, o que importa nessa vida é saber quem você realmente é. Afinal de contas, a motivação está diretamente associada ao orgulho que temos de nós mesmos e das nossas conquistas.

E para isso dar certo, o primeiro passo é conhecer a si mesmo, descobrir o que o deixa animado no dia-a-dia e o que o desmotiva completamente. Lembre-se que não existe certo ou errado, apenas uma questão de ter o perfil condizente com determinada vaga.

O trabalho deve funcionar como um relacionamento. Não é todo tipo de pessoa que te agrada, não é mesmo? E, se você não fica com alguém que não gosta, por que então ter um trabalho que não tem nada a ver com você?

Por exemplo, tem gente que só se sente realizada em uma profissão que não tenha muita rotina e que permita viagens constantes; já outros ficam mais confortáveis quando sabem exatamente o que os aguardam naquela semana.

2) Até onde você está disposto a ir?

Cada pessoa tem uma definição diferente de sucesso. Para alguns, ser bem-sucedido profissionalmente significa ganhar muito dinheiro; já para outros é trabalhar com aquilo que ama. Descubra o que motiva você e, mais que isso, quais são seus limites, até que ponto você está disposto a ir pela sua carreira.

Será que você seria feliz fazendo viagens a semana toda para visitar clientes? Ou será que isso afetaria a sua vida pessoal ao ponto de deixá-lo infeliz? A resposta só você pode saber. Descobrir o que te dá ânimo para acordar todos os dias e ter uma ideia de onde você quer chegar é essencial para se manter motivado como vendedor.

3) Mantenha sua energia lá em cima

Você passou o dia na rua, visitando clientes e emitindo pedidos. Quando você finalmente chega em casa só deseja tomar um banho e dormir, não é mesmo? Pois é. Manter uma rotina atribulada cansa mesmo, mas é possível aumentar a sua energia e conseguir render mais em menos tempo.

Parece papo de personal trainer, mas praticar atividades físicas regularmente ajuda a aumentar a sua produtividade sim. Você aprende a ter mais foco e a relaxar o corpo e a mente. A consequência? Mais disposição para lidar com a correria do dia-a-dia e menos estresse para afetar a sua produtividade. E, de quebra, você ainda melhora a sua auto-estima.

O mesmo vale para a alimentação e as horas de sono. De nada adianta ficar acordado todos os dias até tarde se, no dia seguinte, você está dormindo em pé no trabalho. Comer bem e dormir pelo menos seis horas por noite são essenciais para manter a motivação.

4) Afaste as influências negativas

Gente pessimista, que não sabe valorizar o sucesso dos outros e que vê problema em tudo é sempre uma péssima companhia para se manter por perto. Já percebeu como você mesmo fica para baixo depois de passar um tempo convivendo com alguém assim? Pois é, não há motivação que resista a isso.

Em compensação, cercar-se de pessoas otimistas pode ajudar (e muito) a ver o copo sempre meio cheio e a manter a auto-estima lá em cima. =)

5) Não tenha medo de tentar coisas novas

Mudar faz parte da vida. E isso é bom. Nós precisamos sair da nossa zona de conforto e enfrentar os nossos medos se quisermos evoluir profissional e pessoalmente. Por exemplo, você sempre usou blocos de papel para anotar os pedidos dos clientes, e não há nada de errado nisso.

Mas será que não vale a pena experimentar algo novo, como um sistema de vendas digital, que permite que seus pedidos sejam emitidos diretamente do tablet ou do smartphone e encaminhados para a fábrica por e-mail?

Você pode até ter algum receio no início, mas logo, logo vai perceber que as pequenas mudanças não apenas facilitam o seu dia-a-dia e aumentam a sua produtividade em vendas, como também influenciam diretamente na sua motivação.

6) Conte com o apoio da sua representada

Para manter a motivação, reconhecimento é essencial. Além de receber comissões condizentes com as vendas efetuadas, é necessário manter uma relação saudável com a representada e contar com um apoio mútuo para que, juntos, vocês consigam bater as metas e vender cada vez mais.

Se você é gerente comercial, conheça algumas práticas sobre como motivar sua equipe de vendedores.

E aí, já deu para perceber que ter uma atitude positiva não apenas melhora o seu desempenho profissional, como a sua qualidade de vida, não é mesmo? Então chegou a hora de colocar essas dicas em prática!

Só não esqueça de compartilhar os seus resultados com a gente depois, ok? =)